Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Fluxo de Assistência

O atendimento aos casos de Covid-19 está dividido da seguinte forma:

1) Casos assintomáticos e leves

A maior parte dos pacientes é assintomático ou tem sintomas leves, sem necessidade de internação.

Pessoas com sintomas de síndrome gripal, independentemente de terem feito ou não teste laboratorial para Covid 19, devem adotar o isolamento domiciliar por 14 dias.

Durante o isolamento, em caso de piora ou agravamento dos sintomas, procurar atendimento médico em uma Unidade de Saúde ou nos locais definidos como espaços de acolhimento e triagem nos municípios.

2) Casos graves

Se o paciente estiver em casa, chamar o Samu, preferencialmente, pelo aplicativo ou pelo telefone 192, ou então ir diretamente ao hospital de referência habitual. Se necessário, entrar em contato com a Central de Regulação Hospitalar.

Pacientes graves devem ser internados em qualquer hospital do Estado, pois todos estão aptos para internação de pessoas com Covid 19. Em caso de necessidade de leito de UTI, a internação deve ocorrer no próprio hospital.

Hospital sem leito de UTI (ou com UTI lotada) deve se cadastrar no Sistema GERINT ou contatar a Central de Regulação Hospitalar.

O município é responsável pelo transporte básico, tanto no momento de transferência quanto para levar o paciente de volta ao município de origem, quando houver melhora do quadro agudo.

Portal do Estado do Rio Grande do Sul